Fermento natural (ou levain!)

Ultimamente os pães com fermentação natural voltaram a frequentar as cozinhas, junto com a crescente valorização dos produtos artesanais e da cultura orgânica. E com eles voltaram as cascas crocantes, miolos densos e sabores bem marcantes e diferentes…
A fermentação natural é o produto da ação de micro-organismos que se alimentam da mistura de farinha e água. Basta deixar a massa em temperatura ambiente e esperar que ela sofra a ação de leveduras e bactérias! Na verdade, essa é uma das formas mais antigas de se fazer o pão. Mas deixou de ser conveniente por conta da falta de tempo do “homem moderno”.
O fermento biológico industrial também é elaborado com leveduras. Porém, sua concentração é bem elevada, acelerando o crescimento do pão e inflando a massa! Apesar de ser muito útil em muitas receitas (ou quando não temos muito tempo disponível), é inegável que o sabor não é o mesmo de um pão feito com fermento natural.
O processo e produção do fermento natural leva alguns dias… Para aqueles que pensam em se aventurar nesse desafio, proponho seguir a tabela abaixo. Ela foi baseada no livro “Pão Nosso” do Luiz Américo Camargo. E recomendo que assistam os vídeos do autor no You Tube, para que não fiquem dúvidas. Vale a pena!
Depois vá até a receita básica do pão integral com fermento natural aqui no blog para usar o seu fermento!

Nenhum comentário:

Postar um comentário