Como fazer máscara de proteção caseira

Na internet há inúmeros vídeos ensinando como fazer máscara, inclusive modelos e moldes que podem ser baixados gratuitamente. Há orientações antigas de médicos com passo-a-passo de como fazer máscaras para pacientes em tratamento quimioterápico, que podem ser utilizadas agora para a pandemia por coronavírus COVID-19.
O importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas, ela deve cobrir totalmente a boca e nariz, sem deixar espaços nas laterais. Também é importante que a máscara seja utilizada corretamente e que não, seja manipulada enquanto estiver na rua e antes de ser retirada deve-se lavar as mãos.
A apresentadora Ana Furtado, que usou máscaras personalizadas durante o tratamento quimioterápico, levou a artesã Silvia Oliveira ao programa "É de Casa" para ensinar a fazer máscaras protetoras decoradas que disponibilizou os moldes do link abaixo.
Ao contrário das máscaras cirúrgicas, essas máscaras podem ser lavadas e reutilizadas regularmente.
A máscara que ele ensinou a fazer possui 3 camadas que compreende materiais como:
- Camada de tecido não impermeável (frente)
- Camada Tecido respirável (meio)
- Camada de algodão (traseira)

Molde da mascara



Uma médica chinesa publicou no Youtube um vídeo ensinando como fazer a máscara de forma bem simples


Orientações gerais de como fazer máscara de proteção.
1 - Pegar um pedaço de tecido de algodão, se tiver dê preferência ao tricoline.
2 - Faça um molde em papel de forma no qual o tamanho da máscara permita cobrir a boca e nariz.
3 - Faça a máscara usando duplo tecido.
4 - Prenda e costure na extremidade da máscara um elástico, ou amarras.
É importante que antes de utilizada a máscara seja lavada com sabão neutro e passada com ferro quent. Ao utilizar não fique manipulando a máscara na rua, não fique ajustando a máscara na rua, ao chegar em casa lave as mãos com água e sabão antes de retirar a máscara.
Após o uso a máscara de tecido deve ser lavada novamente com água e sabão e passada com ferro quente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário