Suculenta Pata de Tartaruga – Cuidar da Adromischus Cooperi, Fazer Muda

 

Suculenta Pata de Tartaruga

Linda e carnudinha, com algumas folhas serreadas na ponta e se olhar bem lembra uma pata de tartaruga, esta é a suculenta Adromischus cooperi da família das Crassulaceas, uma planta anã que se multiplica por touceiras ou pelas folhas que se plantadas enraízam e formam nova plantinha.

Simples de cultivar, com alguns cuidados podemos ter sempre viçosa esta linda suculenta decorativa que pode ser plantada sozinha em um vaso ou fazer parte de um aquário ou vaso de suculentas.


Como cuidar da pata de tartaruga

Planta sensível ao frio, baixas temperaturas e excesso de água, e que pode mudar de cor quando exposta ao sol, ficando com as manchas arroxeadas, e quando fica na sombra as manchas ficam prateadas.  

A suculenta pata de tartaruga é de origem africana, cresce até 10 cm de altura e se espalha formando touceira enchendo o vaso.

Estas touceiras podem ser divididas e feito com elas novos vasinhos da planta.

O clima ideal da suculenta pata de tartaruga é quente com muita luz. O sol direto deve ser o sol da manhã. O sol pleno pode prejudicar a planta.

A rega deve ser feita somente quando a terra secar que deve ser arenosa com boa drenagem evitando o encharcamento.

Em dias chuvosos proteja o vaso da suculenta evitando que a terra perca seus nutrientes e a planta fique muito tempo na umidade podendo apodrecer.

Como fazer muda da suculenta pata de tartaruga

A maioria das suculentas se multiplicam pelas folhas, que criam raízes e formam novas folhas. A suculenta pata de tartaruga também, a orientação é separar uma folha sadia, deixar que ela descanse por 7 dias e em seguida coloque a folha em uma terra adubada e com boa drenagem com a parte fina na terra e espere criar raízes e novas folhas.

Outra forma de obter muda da suculenta Adromischus Cooperi é separando as touceiras após se formarem, transplantando-as para um novo vaso e mantendo os mesmos cuidados com a nova planta.

Podemos fazer mudas desta suculenta também por sementes ou por estaca.

A muda nova precisa de rega e sol moderados também.

Para manter a planta saudável livre de doenças a dica é retirar folhas secas ou apodrecidas.

A suculenta pode ser plantada em vaso de plástico, de barro ou ainda em vaso decorativo sem furo.

O que precisa em cada caso é cuidados com a rega para evitar ressecamento extremo ou excesso de água.

No vaso de plástico o cuidado é com o encharcamento já que o plástico mantém a umidade. Neste caso regue menos, somente quando a terra secar.

No vaso de barro, a umidade é baixa, a água seca rápido e precisamos regar mais vezes no verão.

O vaso sem furo precisa de pouca rega já que a água não tem para onde escoar e o excesso de água seria fatal para a plantinha.


Nenhum comentário:

Postar um comentário